BIODIVERSIDADE ACREANA
Photobucket
BIODIVERSIDADE E SOCIODIVERSIDADE ACREANA SOB A ÓTICA CIENTÍFICA
4 de outubro de 2005
Manejo florestal comunitário é garantia de qualidade de vida na floresta
Nós, representantes dos agricultores e dos seringueiros que atuamos na Central Única dos Trabalhadores, no Conselho Nacional dos Seringueiros, nos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Rio Branco e Bujari, e na Associação dos Moradores e Seringueiros do Antimary, manifestamos nosso absoluto repúdio ao senador Geraldo Mesquita Júnior que, para atender a interesses de grandes madeireiros ilegais e alguns grileiros de terra, está tentando inviabilizar o projeto de Lei de Gestão de Florestas Públicas, encaminhado pela Ministra Marina Silva e que se encontra em tramitação no Senado Federal.

A prova da ação traiçoeira do senador Geraldo Mesquita contra o projeto da Ministra Marina é ação que ele, através de seu assessor Osmarino Amâncio, vem desenvolvendo junto a alguns moradores da Floresta Estadual do Antimary, espalhando mentiras com o objetivo de desmerecer o alcance econômico, social e principalmente ambiental daquela experiência.

Estivemos no último domingo pessoalmente reunidos com a equipe técnica e com mais de 80 moradores da Floresta Estadual do Antimary, e o que presenciamos foi uma comunidade satisfeita com os primeiros resultados colhidos do projeto. A grande expectativa é que os benefícios recebidos pelas primeiras sete famílias sejam estendidos a todos os moradores do Antimary.

O que vimos na Floresta Estadual do Antimary nos encheu de alegria e esperança. Vimos 109 famílias, que no passado viviam sob a ameaça de expulsão, agora sendo as verdadeiras donas daquela área, onde podem usufruir de todos os benefícios da floresta, com assistência integral do Estado. Lá as famílias têm saúde, educação, formação profissional, facilidade para o escoamento de seus produtos e plena garantia de uma renda melhor, na medida em que o projeto vai amadurecendo.

Nós, que conhecemos de perto a realidade das pessoas que vivem nas áreas de floresta ou mesmo de agricultura, queremos que o modelo da Floresta Estadual do Antimary seja estendido a todos. Mas, para que essa nossa esperança se torne realidade, é fundamental que o projeto de Lei de Gestão de Florestas Públicas seja aprovado no Congresso nacional.

Por isso, queremos deixar claro que defendemos o plano de manejo florestal comunitário, a exemplo do que vimos na Floresta Estadual do Antimary, e conclamamos a todos os parlamentares do Acre e do Brasil para que se coloquem a favor da Lei de Gestão das Florestas Públicas. Esta é a maneira mais eficiente e segura de combater as queimadas e a exploração ilegal de madeiras. Assim vamos preservar a floresta e, ao mesmo tempo, garantir melhores condições de vida para as populações tradicionais que nela vivem.

- Central Única dos Trabalhadores
- Conselho Nacional dos Seringueiros
- Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Branco
- Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Bujari
- Associação dos Moradores e Seringueiros da Floresta Estadual do Antimary
posted by Evandro Ferreira @ 13:04  
1 Comments:
  • At 6:39 PM, Blogger Robson said…

    Caro Dr. Evandro.
    poderia me informar sobre os principios basicos para eu fazer um diagnostico de possiveis áreas indigenas com a afinalidade de assentamento indigena em meu municipio??
    parabéns pelo seu trabalho.
    sou presidente de ONG. (ADA)assoc. de defesa ambiental.
    Abraços.
    67 9635 2472
    Robson Rocha - robson.ambiental@gmail.com
    Tec.Agrimenssor/Geomenssor/Consultor Desenv. Rural do Sindic. Trab. Rurais de meu municipio.

     
Postar um comentário
<< Home
 
Perfil do Autor

Nome: Evandro Ferreira
Cidade: Rio Branco-Ac, Brazil
Quem sou eu: Acreano, nascido em Rio Branco, Pesquisador do Inpa-Ac e do Parque Zoobotânico da UFAC. Mestrado em Botânica no Lehman College, New York, USA, e Ph.D. em Botânica Sistemática pela City University of New York (CUNY) & The New York Botanical Garden (NYBG). Me escreva: evandroferreira@hotmail.com
Veja meu perfil completo
Sobre este Blog

O objetivo deste blog é publicar resumos, e, quando possível, links para os textos completos, de artigos científicos publicados e que abordem, direta ou indiretamente, temas relacionados com a biodiversidade e a sociobiodiversidade acreana. A fonte principal dos artigos é o site SCIELO BRASIL, ou outras quando indicadas. Havendo interesse por alguns dos artigos publicados no blog, sugerimos que os leitores entrem contacto direto com os autores.

Artigos anteriores
Arquivos
Links
Powered by

BLOGGER